miércoles, 10 de octubre de 2012

NOS LAÇOS DA AMIZADE

NOS LAÇOS DA AMIZADE

Nos laços bem mais firmes da amizade
Navego sem temer as duras penas
Encontro qual falena a claridade
E busco ser feliz, querida, apenas.

Não temo mais a dor da tempestade
E as asas vou abrindo, sempre plenas.
Vencendo sem qualquer temeridade
Nas mãos tanto carinho quando acenas...

Amiga, em teu perfume sei jardim
As rosas, monsenhores, palmas, lírios
E toda esta brancura de um jasmim,

Mostrando uma pureza sem igual.
Deixando para trás velhos martírios,
Tornando o sofrimento mais banal...

MARCOS LOURES

No hay comentarios:

Publicar un comentario